Escola Modelo

  • Facebook Escola Modelo

Siga-nos no Facebook

Endereço: Av. Ana Costa,164 - Santos/ SP

 

Telefones: (13) 3222.4963      3224-3819     3222-7446

© Escola Modelo

Todos os direitos reservados

Administrado pela ASSECOM Assessoria

Search
  • Escola Modelo Santos

Carta de Apresentação pra que servem

Updated: Aug 7, 2018

Durante muito tempo considerada um acessório dispensável a uma candidatura, a Carta de Apresentação tem um papel cada vez mais determinante nos processos de recrutamento. Sendo o primeiro ponto de contato que o recrutador tem com o candidato, é importante que sua elaboração seja muito cuidadosa e que se respeitem algumas regras básicas na sua estrutura. Veja nossas dicas:

Utilize papel branco A4 e tinta azul ou preta. Procure acima de tudo transmitir uma imagem sóbria e profissional.

Preferencialmente, a carta de apresentação deve ser escrita em computador, exceto quando a empresa solicitar carta escrita a mão.

Seja breve, a sua carta de apresentação não deve ultrapassar mais do que 3 ou 4 parágrafos.

Mantenha um tom formal. Mas seja claro, evite frases muito confusas, que dificultem a compreensão das idéias base.

Faça a sua apresentação no primeiro parágrafo. Explique, por que motivo envia o seu Curriculum Vitae (resposta a anúncio, candidatura espontânea, neste caso indique a área em que gostaria de trabalhar).

No segundo parágrafo da carta de apresentação, deve justificar por que selecionou aquela empresa. Mostre que conhece a empresa e o setor de atuação.

Aproveite o terceiro parágrafo para valorizar as suas competências e objetivos. Apresente argumentos que criem interesse para a realização de uma entrevista.

Termine a carta de apresentação de uma forma cordial. Solicite uma entrevista onde possa falar de uma forma mais abrangente daquilo que anteriormente tenha exposto.


Se você considera não ser preciso muito esforço para redigir uma carta de apresentação, ou se você acha que não vale a pena redigir uma boa carta porque ninguém a lê, está enganado. Muitos recrutadores vêem as cartas de apresentação como reveladoras de traços importantes, tais como:

• A sua forma de escrita;

• O seu nível de profissionalismo;

• Alguns traços indicadores da sua personalidade;

• As suas orientações e objetivos de carreira.

Para que passe a melhor ideia sobre si mesmo, é necessário, antes de mais nada, saber o que são cartas de apresentação, para que servem e como fazê-las.

Cartas de apresentação são cartas personalizadas que acompanham o envio de um currículo e apresentam uma candidatura, com o objetivo de conseguir um emprego na empresa contatada. Funcionam como uma introdução à ação que está para vir e por isso devem evidenciar alguns aspectos mais relevantes da sua experiência e da sua forma de ser. As cartas de apresentação servem também para demonstrar como organiza os seus pensamentos e se o sabe fazer de forma clara e apropriada; noutras palavras, reflete a sua capacidade de comunicação e, por sua vez, alguns traços da sua personalidade.

Importa distinguir as Cartas de Apresentação simples, das Cartas de Candidatura Espontânea.

As primeiras servem para apresentar candidaturas a anúncios de emprego ou a quaisquer recrutamentos que estejam em aberto. São cartas simples, de cortesia, apenas para enunciar o cargo a que se candidata e os motivos da candidatura. Destinam-se apenas a acompanhar currículos, desempenhando um papel de muito menos importância em relação a este, que é o que realmente vai prender a atenção do selecionador. As cartas de candidatura espontânea são mais elaboradas, pois constituem uma forma de comunicação com potenciais empregadores e como tal devem ser encaradas com a máxima atenção. É através delas que os empregadores tiram as primeiras impressões, as quais são sempre muito importantes, contando que delas depende a passagem à fase seguinte.

Tendo em conta que os objetivos e formas dos dois tipos de cartas são diferentes, embora obedeçam a alguns princípios comuns, deve haver um cuidado especial na sua elaboração.



9 views